30 de jan de 2015

On 23:31 by JovensADA   1 comentário

31/01/2015
Igreja Alerta!
Postado por Dassayev Marculino



Creio que você já leu ou ouviu alguém falar da história de Amnom e sua irmã Tamar, mas vou aqui fazer um resumo para entendermos bem o fato. (II Samuel 13:1-14) Amnom, um dos filhos do rei Davi, sempre tinha a sua disponibilidade uma mesa farta, tudo do bom e do melhor, mas por causa de um desejo maligno pela sua irmã Tamar ele não sentia vontade de comer. É que todas as vezes que ele sentava na mesa do seu pai (Rei Davi), ele desprezava todo aquele alimento que estava a sua disponibilidade e ele começa a ficar com um semblante caído, que logo é percebido pelo seu amigo Jonadabe. Para piorar a situação Jonadabe o aconselha a armar uma situação para que este desejo maligno que estava em sua mente fosse consumado. E então eles colocam o plano em ação, ele abusa sexualmente da sua irmã, e depois é assassinado a mando do seu próprio irmão Absalão (II Samuel 13:28,29).
 Quanta tragédia! E tudo começou com um sentimento na mente e coração de Amnom (Mt 15:19). De tantos ensinamentos que esta passagem nos traz, quero dividir com vocês alguns aqui nesta oportunidade.

A mesa farta do Rei
Amnom estava todos os dias diante de uma mesa farta, mas por causa dos maus pensamentos ele não se alimentava do alimento da mesa do Rei. Jovens que não tem reverência na Casa de Deus, conversam na hora do Palavra, ficam usando celular dentro da igreja. Quantos pessoas gostariam de ter a oportunidade que você tem. A Palavra de Deus tem sido pregada, Deus tem levantado instrumentos para te ensinar e te alimentar, e o que você tem feito diante desta mesa? Tem feito como o salmista Davi? “Guardei a tua palavra no meu coração”, ou não tem dado atenção a palavra de Deus, ou tem deixado que os maus pensamentos e desejos venham te dominar. Paulo disse “mas eu não me deixarei dominar, mas para isso é preciso alimentar o espírito pela Palavra, Oração, Consagração a Deus.
“Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Tiago 1:15

Conselhos para a Morte x Conselhos para a Vida
Veja que logo após Amnom confessar para o seu “amigo” Jonadabe o desejo que inflamava o seu coração, ele é aconselhado a ir em frente com o seu pecado. E para piorar, Jonadabe ainda arquiteta todo o plano para que ele conseguisse êxito na sua própria desgraça. É infelizmente essa cena se repete nos dias atuais. Cuidado com as suas amizades, selecione as pessoas com quem vai dividir os teus anseios e dificuldades. 
“Vede, porém, que a prosperidade não está nas mãos deles; esteja longe de mim o conselho dos ímpios!” Jó 21:16

Você tem a Deus, seu pais, o seu pastor, líderes, e amigos crentes em quem você pode pedir conselhos, e orações para vencer . Não saia por aí contando a todo mundo, colocando nas redes sociais, pois o papel do diabo é colocar pessoas para tentar desviar o teu foco, te tirar da presença de Deus. Mas assim como o paralítico de Cafarnaum tinha amigos que o levaram até Jesus para que ele recebesse a cura (Lc 5:18), tenha pessoas ao seu redor que te levem para mais perto de Deus, que te ajudem a fazer a vontade do Senhor.

Amnom teve como consequência do seu pecado a morte, e muitos hoje estão dentro das igrejas mortos espiritualmente porque assim como Amnom, se deixaram dominar pelos maus pensamentos e tomaram maus conselhos com pessoas erradas. Mas com você a história vai ser diferente. Porque a palavra de Deus gera Vida. E assim como disse Pedro " Para onde iremos nós? Só tú tens as Palavras da vida eterna" (João 6:68). E é esta Palavra tem poder para trazer a Vida o que estava morto, assim como o Profeta Ezequiel profetizou para aqueles ossos secos no vale e aqueles ossos ressuscitaram, Deus está te levantando e mudando a tua história. (Ez 37:1-10) 

Seja fortalecido, seja alimentado, seja saciado, seja renovado através do verdadeiro alimento para o nosso espírito que é a Palavra de Deus e você conseguirá vencer as dificuldades que te assolam e chegará no centro da vontade de Deus.


Deus te abençoe, a Paz do Senhor.

Um comentário: