20 de jul de 2014

On 03:30 by HERIVELTON MARCULINO in , , ,    1 comentário
21/7/14
Por José Carlos (Jovem ADA - Congregação do Quinze)
Tomando por base o que Paulo escreveu aos coríntios na sua segunda carta 2.14-16, refletiremos sobre o fato de nós, crentes, exalarmos o cheiro de Cristo.

Em Cantares encontramos a moça que representa a igreja dizendo para aquele que representa Cristo: “Suave é o cheiro dos teus perfumes; como perfume derramado é o teu nome” (Ct 1.3) e ele diz: “eu sou a Rosa de Saron, o Lírio dos Vales.” (Ct 2.20) Dentro do que Paulo expressou (Gl 2.20): “Cristo vive em mim”, não há dúvidas que o cheiro do melhor perfume está no salvo.
Percebeu a nossa responsabilidade? A gente pode identificar muitas coisas através do cheiro, né verdade? O apóstolo está dizendo no verso 14 é que Deus nos usa como propagadores do doce aroma de seu Filho para assim faze-Lo conhecido. Os versos seguintes nos dizem que todos aqueles que já têm Jesus sentem este cheiro verdadeiramente agradável e vivificante. Mas para os que perecem, o mesmo cheiro é como de algo morto e que os condena.
Esta é a pergunta que ecoa para nós: “(...) e para estas coisas, quem  está idôneo?” (v. 16) Em outras palavras, quem está capacitado para esta tarefa de difundir o cheiro de Cristo onde quer que seja? Já temos a chamada, o poder de Deus é sobre nós... Então sejamos verdadeiros, conscientes de que este perfume não pode ser misturado.
Não precisa sair por aí dizendo em voz alta que é crente, basta sair perfumado.

Um comentário:

  1. Glórias a Deus! Deus continue te usando meu irmão José Carlos!

    ResponderExcluir