19 de mai de 2013

On 20:34 by HERIVELTON MARCULINO   1 comentário
20/05/13
Palavra que edifica
Herivelton Marculino


O namoro de um justo crescerá como o cedro do Líbano.
(Características do cedro que devem estar presentes no namoro Cristão)

Por Ary Gabriel (Coluna Jovem)

1 – Raízes profundas e madeira consistente.

O Cedro, em seus primeiros anos de vida, possui apenas 40 centímetros de tamanho, enquanto suas raízes se aprofundam por mais de 4 metros. Em idade adulta, o cedro pode atingir uma altura de 40 metros, tamanho que o faz “riscar” os céus. O cedro também possui um sólido tronco. Para você ter uma ideia, a madeira extraída dessa árvore foi utilizada na construção no grande Templo construído por Salomão (I Reis 6.9,10).

Baseado nessa primeira característica, concluí 04 conotações para o namoro:

I – Que em seu namoro haja 40 centímetros de conhecimento exterior e 04 metros de conhecimento interior.

II – As raízes que suportarão os 40 metros do cedro (seu casamento) devem ser profundas e robustas. Isso será obtido em um namoro onde estão presentes os princípios bíblicos estabelecidos, tais como: A leitura bíblica, oração em conjunto, aprovação e obediência aos pais, comunicação³  , fidelidade, respeito, cumplicidade e todas as outras características do Amor.
Possuindo tais virtudes, seu futuro casamento crescerá firme, pronto a enfrentar e resistir ventos e tempestades.

III – Raízes profundas em seu namoro fazem seu casamento tocar aos céus. Se a vossa união estiver fundamentada na Palavra, os céus estarão a poucos centímetros de vós.

IV – A madeira do Cedro foi utilizada na construção do Templo... O namoro de um justo deve ser útil para a obra de Deus e deve ser motivo de admiração para quem observa. Que vocês possam se deixar gastar na casa do Senhor. Que haja consistência suficiente em vosso relacionamento e que essa consistência seja utilizada para a causa do Mestre. 


2 – O cedro Beneficiava outras árvores.

As raízes do cedro, além de serem profundas, se expandiam até os leitos dos rios e, nesse processo de subtração de nutrientes, as outras árvores, que estavam próximas, acabavam se beneficiando.

Essa segunda característica nos traz a lição do benefício que o nosso namoro deve proporcionar às outras pessoas.
Seu relacionamento deve ser uma benção para a sua família, para os seus amigos e para a sua Igreja e de modo nenhum deve prejudicar outras áreas da sua vida, como: estudos, vida espiritual, vida profissional, etc.
Quem estiver ao seu redor possa achar sombra de exemplo e receber nutrientes de bons conselhos, através do seu relacionamento.


3 – As dificuldades eram usadas como sustentação.

O pastor concluiu as características do cedro, informando que, as suas raízes tinham comportamento diferente, ao se deparar com uma rocha, das demais árvores. Ele explicou que, as raízes de uma árvore comum, ao sentir um obstáculo paravam, enquanto, as raízes do cedro, na mesma situação, se enrolavam àquela rocha e continuavam o seu caminho. Essa atitude fazia com que o cedro tivesse ainda mais sustentação e, por isso, apresentava maior dificuldade quando tentavam o arrancar.

Que lição o cedro nos traz! As dificuldades sempre existirão no namoro, noivado e casamento. A sustentação do seu relacionamento vai depender de como você se comporta diante dos obstáculos e isso será fundamental para o seu futuro. Determinará o grau de dificuldade com que seu relacionamento poderá ser arrancado de onde ele está plantado.
Não pare ou dê meia volta ante a dificuldade, mas dê meia volta na dificuldade, a ultrapasse, a envolva, que ela sirva de força e sustentação para o que você está construindo. Com a ajuda de Deus, nada os fará cair.

Boas raízes darão vida longa ao seu relacionamento, os fará ficar firmes, até que a morte os separe.
Fonte: Coluna Jovem

Um comentário:

  1. Que maravilhosa palavra ! Aleluia ! Vou colocar essa mensagem no blog da igreja também !

    ResponderExcluir