2 de abr de 2013

On 07:52 by JovensADA   2 comments


02/04/13
Igreja Alerta !
Postado por Dassayev Marculino


Conta-se que certa vez um mercador grego muito rico, desejava oferecer um banquete com as melhores iguarias para um grupo seleto de convidados.
Na preparação do banquete, o mercador chamou seu escravo mais sábio, que o servia já há muitos anos, e ordenou-lhe que fosse ao mercado comprar a melhor iguaria existente na cidade, sem economias. O escravo retornou com um belo prato coberto por um pano.

O mercador removeu o pano e assustado disse:  - Língua?! Este é o prato mais delicioso que temos por aqui? Você só pode estar louco!

O escravo, sem levantar a cabeça, respondeu: – A língua é o prato mais delicioso, sim senhor. É com a língua que pedimos água, que dizemos “mamãe”, que fazemos amigos, que perdoamos. Com a língua reunimos pessoas, dizemos “meu Deus”, oramos, cantamos, dizemos “eu te amo”…

O mercador, não muito convencido, quis testar a sabedoria de seu escravo, e o mandou de volta ao mercado, desta vez para trazer o pior alimento.

O escravo voltou com um lindo prato, coberto por um fino tecido. O mercador, ansioso, retirou o pano para conhecer o pior alimento. E para sua surpresa…
– Língua, outra vez?! Disse, espantado.
-Sim, língua, respondeu o escravo.

É com a língua que condenamos, separamos, provocamos intrigas e ciúmes, blasfemamos. É com ela que expulsamos, isolamos, enganamos nosso irmão, xingamos pai e mãe…
Não há nada pior que a língua; não há nada melhor que a língua. Depende do modo que a usamos.

"O homem de coração perverso não prospera, e o de língua enganosa cai na desgraça" 
Provérbios 17:20

Fonte com texto adaptado : www.esbocandoideias.com

2 comentários:

  1. Olá Somos ps site Geração Jovem e convidamos
    você para formar uma parceria de troca de banner!
    aguardo respostas
    http://www.geracaojovem.com/
    email:sitegeracaojovem@bol.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ótimo post!
    Ilmo. Sr. Rinaldo, seu pedido foi remetido para avaliação.

    ResponderExcluir