4 de fev de 2013

On 06:30 by JovensADA in ,    3 comments
04.02.2013
Postado por Midiam Maria
#Palavra que Edifica
#Missões!!


Alguns meses atrás, mais especificamente Junho/Julho, tive a oportunidade, junto com alguns amigos(AMISADAY), de conhecer um casal de missionários que foram enviados para proclamar o nome do Senhor Jesus na África!! E a pedido, eles nos falaram um pouco, por e-mail, do País (Mali), conflito que se iniciou e dos problemas que eles e outros missionários estão enfrentando.


Sérgio e Francisca, enviados por uma agencia de mssões, estão hoje no Mali, país africano sem saída para o mar, situado na África Ocidental.
Mali é o sétimo maior país da África. É um pais republicano democrático, que tem como língua oficial o francês e o bandara. Possui várias etnias tais como: os Banbaras, Tuaregues, Fulanes(etnia que eles convivem), Dogon, Bozo, etc e a capital, o distrito de Bamako. Sua principal atividade  econômica, mais precisamente no interior, é o cultivo de arroz.



Capital: BamaKo
População: 15,5 milhões (2012)
 Língua oficial: francês
 PIB: US$ 17,9 bilhões (2011)
 Tamanho: 7º maior país da África
 Divisão religiosa: 90% muçulmanos, 1% cristãos e 9% crenças indígenas






  • Essas canoas são participantes de uma competição em um rio da localidade, onde, só homens participam. Esses vegetais vistos no rio, são plantações de arroz.Platéia...







  • Troca de alimentos como forma de                   garantir variedades de alimentos!!



















  • Placa solar... fonte de energia elétrica!!









  • Casa de Sérgio e Francisca em Tenenkur( não sei a forma correta!!)







  • Meios de evangelização!! 

O fascinante é o olhar curioso deles para o, ainda, DESCONHECIDO!!









Missionário conterrâneo!



*essas fotos foram repassadas para nós por Sérgio e Francisca, no nosso encontro!
Autorizadas para publicação!


Eles vivem em Tenekur(acho que se escreve assim!!), junto com várias etnias,entre elas, a Fulane. Porém, em 21 de março de 2012, foi declaro um golpe de estado no país, pelos exército dos "boina verde" liderado pelo capitão Amadou Haya Sonogo. Por causa disso os tuaregues no norte do pais pediu independência (MNLA) desta região “AZAWDA”, esta área abrange 60% do pais e a área desértica do Saara. Eles já vinham  lutando por isto a mais de 50 anos e com isso, abriu-se uma grande brecha para que os extremistas islâmicos agissem na área.





"A Al-Qaeda tem uma base em Kidal que estava um pouco adormecida, porém sabíamos que isso não era verdade, pois, depois que foi dado o golpe de estado, eles logo reagiram, tomando posse desta região e impondo a lei da Sharia islâmica*. Aonde ja foram mutilados vários homens, na mão e no pé,  além de chicoteadas em praça, apedrejamento e outras coisas horríveis com as mulheres, independente de idade.
Além disso, outros grupos vêm fortalecendo o islamismo.
No dia 11 de janeiro o presidente interino Diocounda Trauré, declarou guerra contra os extremista, com a ajuda da França."

Esta é a realidade do Mali, atualmente( referente ao evangelismo):
O evangelho no norte veio a ZERO, por que a igreja que existia nesta área saiu para se refugiar no sul e nos países vizinhos. Eles oram para voltar e continuar o trabalho. No domingo passado (20-01-13),  um pastor do norte falou que iríamos voltar pro nosso lugar de trabalho, AMÉM!!.
Ore pela segurança dos cristãos em todo o país, principalmente nesses dias de mais tensões, e peça ao Senhor para que a paz seja restabelecida.
Na capital Bamako, as igrejas tem se reunido para orarem pela nação.  O Mali, que em anos anteriores não apareceu na Classificação de países por perseguição (WWL), em 2013 ocupa a 7ª posição. Por causa da situação do norte.
Infelizmente, com todos esses acontecimentos, muitos obreiros que faziam missões saíram; alguns temporariamente e outros definitivamente.  Os obreiros diminuíram e o trabalho aumentou! Como diz a escritura: "(...) a seara na verdade é grande, mais  poucos são os ceifeiros(trabalhadores) Mt. 9.37" e nós temos um grande inimigo que trabalha para tentar impedir esta Obra, porém ,maior é o que está conosco do que o que está no mundo.

Obrigado a cada um que tem estado na retaguarda por esta nação.
Amém!!  #Francisca Moura


Sabemos que há dificuldades em outros países para a pregação do evangelho de Jesus, mas não cerceemos as nossas orações pelos missionários, tanto do Mali, quanto de outros países!!
Temos, ainda, a oportunidade de proclamar o nome de Jesus 'livremente' e muitas vezes não o fazemos.
Anuncie aquEle que morreu por ti;
Fale aos outros do seu MELHOR amigo;
Fale daquEle que ressuscita mortos e tem todo o poder no céu, na terra e no mar;
Seja um reflexo da Glória de Deus e alcance outros com seu testemunho;
Ore por aquele a quem Deus escolheu e por nossos irmãos que necessitam de nossas interseções por suas vidas!
 Orem pelo Mali e por Sérgio e Francisca!

Quem quiser entrar em contato com eles e obter mais informações da missão no Mali, aí está!
Facebook: www.facebook.com/xicamoura?fref=ts
Skype: wanckle ou sérgioefrancisca
E-mail: xicamoura@gmail.com / xicamoura@yahoo.com.br
Endereço: Horizons Mali
                A/c Sérgio e Francisca Oliveira
                BP: E3287- Bamako-Rep. do Mali
                 West África



*Lei Islâmica da Sharia:
"Nas províncias administradas segundo os preceitos da sharia islâmica, quase não são mais construídas novas igrejas, pois elas certamente estariam muito próximas de alguma mesquita. Casamentos entre cristãos e muçulmanos são permitidos apenas quando o noivo é muçulmano; os filhos são considerados muçulmanos e devem ser educados como tais. Conversões de muçulmanos ao cristianismo continuam proibidas. Como acontece no Paquistão, os cristãos podem ser sumariamente acusados de ‘blasfêmia’ contra o profeta Maomé ou contra o islã. Cristãos devem estar sempre sob as ordens de patrões muçulmanos. Além disso, é comum que moradores de aldeias muçulmanas apliquem a lei islâmica sem interferência das autoridades: segundo declarações de organizações de direitos humanos confiáveis, muitas vezes as mãos e os pés de ladrões sãos cortados ou os consumidores de álcool são açoitados sem qualquer processo ou julgamento. Mas há esperança: impressionados com a perseverança e a firmeza dos cristãos em um ambiente hostil, nos últimos anos alguns muçulmanos encontraram a Jesus inclusive em províncias islâmicas "


Fontes: http://www.portasabertas.org.br/cristaosperseguidos/classificacao/
            http://www.chamada.com.br/mensagens/sharia.html



3 comentários:

  1. Oremos por essas vidas ! Deus conta com cada um de nós !

    ResponderExcluir
  2. Obrigado DASSAYEV. E verdade.
    Obrigado amigos(AMISADAY), foi um prazer esta com voces.

    ResponderExcluir
  3. Amém Francisca!!! Deus os abençoe querida!
    E.. continue nos informando do Mali!! Bj

    ResponderExcluir