22 de jan de 2013

On 19:15 by Jeffany Moura   3 comments
23/01/2013
#Louvor & Adoração ♪ ♫
Postado por: Jeffany Moura



            O oleiro toma o barro, a água e tudo o que é preciso para realizar a moldagem de um vaso. Senta-se comodamente e começa seu trabalho. Ele desmancha o objeto moldado muitas vezes e torna a construí-lo, até que finalmente o vaso fique pronto e do seu agrado.
            Assim somos nós nas mãos de Deus. O Senhor nos estica, amassa, comprime, estica de novo, enfim, Ele vai nos moldando segundo a Sua vontade. Isso muitas vezes nos faz sofrer, mas faz parte de nosso aprendizado, enquanto filhos de Deus. Muitas vezes não gostamos de ser moldados, pois isso sempre nos traz alguns sofrimentos e adversidades e nós não gostamos disso. 
Um vaso ao ser moldado, também passa por uma série de estica e puxa, e inclui também o forno para secagem, e o oleiro só para de moldá-lo quando ele está realmente pronto para ser comercializado e usado. Conosco também é assim.  Não somos comercializados, mas devemos nos preparar para sermos usados por Deus, de acordo com a Sua vontade.

. “O Senhor o quebrará como se quebra o vaso do oleiro despedaçando-o sem nada lhe poupar; não se achará entre os seus cacos um que sirva para tomar fogo da lareira ou tirar água da poça”. Is. 30-14. Assim como o Senhor nos molda, ele também nos quebra se for necessário, e nos moldará novamente e assim sucessivamente, até que sirvamos para alguma coisa útil, como por exemplo: darmos água a alguém que tem sede do corpo, levarmos a Palavra para quem tem sede da alma.
 “Mas agora, ó Senhor, tu és nosso Pai, nós somos o barro, e tu, o nosso oleiro; e todos nós, obra das tuas mãos”. Is 64-8. 
Se não nos deixarmos moldar, não nos apresentaremos aprovados diante de Deus. “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a Palavra da verdade”. 2 Tm 2-15.
Deixar-se moldar pelo Senhor é uma prova de humildade e reconhecimento de que sem Ele, não somos absolutamente nada. Necessitamos a todo instante de sua ajuda que nos é dada sempre que pedimos. Em troca Ele só quer a nossa obediência. 
Que tenhamos a consciência de que: “Como o barro está nas mãos do oleiro, assim também estamos em suas mãos Senhor!” Jr. 18-6. E, que se nos deixarmos moldar por Jesus, estaremos preparados para qualquer coisa, e seremos fortes de caráter, íntegros, vasos para a honra, e nada irá nos faltar. Ao senhor Honra e Glória!
Para meditar, vamos escultar este hino - Vaso de Alabastro - Mara Lima

Fonte: Teologia prática
A paz do Senhor!

3 comentários:

  1. Gosto desses versículos: Jeremias 18.4-6:
    "Mas o vaso de barro que ele estava formando se estragou-se em suas mãos; e ele o refez, moldando outro vaso de acordo com a sua vontade.
    Então o Senhor dirigiu-me a palavra:
    'Ó comunidade de Israel, será que não posso eu agir com vocês como fez o oleiro?', pergunta o Senhor. 'Como barro nas mãos do oleiro, assim são vocês nas minhas mãos, ó comunidade de Israel'."

    ResponderExcluir
  2. Aleluia ! Que nós possamos nos colocar sempre como barro nas mãos do Senhor ! Pois o mesmo Deus que quebra, junta os cacos e faz um vaso novo !

    ResponderExcluir