12 de mar de 2011

On 12:07 by HERIVELTON MARCULINO   Sem comentários

Olha, não sei te explicar, mas sinto uma maravilhosa alegria, uma paz tão gostosa dentro de mim.

Não sei se você pode me entender, ou sente, ou já sentiu-se assim tal como estou. Quem sabe alguém até duvide que um crente salvo, mas com tantos motivos pra chorar, possa sentir esse grande gozo e ser feliz.

Lembro-me de uma história:

Um menino estava na praia soltando pipa num dia ensolarado, quando chega um homem percebendo a empolgação do garoto lhe dirige uma pergunta:

- O que estás fazendo olhando pra cima?

- Soltando minha pipa, responde animadamente o garoto. Mas, olhando pra cima, tentando proteger os olhos da força do sol com as mãos, aquele homem retruca:

- Mas com esse sol todo ninguém consegue vê-la! Como sabes que está lá? E o jovem responde:

- É, eu sei, mas a linha está aqui e eu estou sentindo. (Desconheço a autoria dessa ilustração, ouvi na doutrina com o Pr. Ailton)

Eu posso dizer como aquele garoto: “Eu estou sentindo!”. Ainda que não veja a Deus, mas a linha da convicção está em minhas mãos, será que você poderia dizer o mesmo?

Bem, ainda que estejamos passando por grandes provações, mas o Espírito Santo nos alegra independentemente de tudo isso.

Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo.” (Jo 14.27)

A paz do Senhor!

0 comentários:

Postar um comentário