12 de set de 2010

On 20:56 by HERIVELTON MARCULINO   Sem comentários
Do blog: A bíblia e um jovem do século 21

Tenho o desejo de morrer e estar com Cristo... Mas continuar a viver é mais necessário. Filipenses 1:23,24

Havia um moço que tinha o nariz bem mais comprido que o comum. Na escola que frequentava, quase todos os dias alguém mexia com ele por causa do nariz. Quando ele se olhava no espelho, calculava que moça alguma haveria de gostar dele. Então pegou um revólver e matou-se.

Ele tinha de fazer isto? Claro que não. Deus queria que ele continuasse a viver. Um dos mandamentos de Deus é: "Não matarás", e isto inclui não se matar também.

O moço não podia mudar seu nariz, mas poderia ter sido tão simpático e amigo que fizesse com que as pessoas gostassem dele assim mesmo.

Um inventor muito célebre chamado Steinmetz era um corcunda feio. Mas como fez muita coisa maravilhosa, seu nome ficou na história. Abraão Lincoln tinha um rosto feio, mas pense bem em como as pessoas o admiram pelo que realizou.

O apóstolo Paulo tinha um bom motivo para morrer. Ele disse: "Tenho o desejo de morrer e estar com Cristo." Mas ele se matou então? Ora, nem pensou nisto. Sabia que seria muito errado. Sabia que Deus tinha trabalho para ele fazer aqui na terra. Disse então: "Continuar a viver é mais necessário."

É isto que o moço do narigão deveria ter dito. Deveria pensar: —Vou usar minha vida para Deus ajudando outras pessoas. Vou procurar ajudar outras pessoas a conhecerem Jesus e Seu amor. Vou viver para Jesus enquanto Ele me permitir.

Jesus tem bons motivos para deixar-nos viver. Embora fosse ótimo estar com Ele no céu, é necessário continuarmos a viver na terra enquanto Deus quiser.

Vamos conversar sobre isto: Por que aquele moço se matou? Por que foi errado fazer isto? Que é que ele poderia ter feito? Por que Paulo queria morrer? O que ele disse que era mais necessário? Quando estamos prontos a morrer? Que motivo ótimo sempre temos para continuar a viver?

Leitura bíblica: Filipenses 1. 20-26

20 O meu grande desejo e a minha esperança são de nunca falhar no meu dever, para que, sempre e agora ainda mais, eu tenha muita coragem. E assim, em tudo o que eu disser e fizer, tanto na vida como na morte, eu poderei levar outros a reconhecerem a grandeza de Cristo.

21 Pois para mim viver é Cristo, e morrer é lucro.

22 Mas, se eu continuar vivendo, poderei ainda fazer algum trabalho útil. Então não sei o que devo escolher.

23 Estou cercado pelos dois lados, pois quero muito deixar esta vida e estar com Cristo, o que é bem melhor.

24 Porém, por causa de vocês, é muito mais necessário que eu continue a viver.

25 E, como estou certo disso, sei que continuarei vivendo e ficarei com todos vocês para ajudá-los a progredirem e a terem a alegria que vem da fé.

26 Assim, quando eu for visitar vocês outra vez, vocês terão muito mais razão ainda para ficarem orgulhosos de mim, na vida que vocês têm em união com Cristo Jesus.

Fonte: Livro Horinhas com Deus II, EDITORA LUTERANA, 1968

A paz do Senhor!

0 comentários:

Postar um comentário