15 de set de 2010

On 09:12 by HERIVELTON MARCULINO   Sem comentários

O SENHOR Todo-Poderoso diz: Gostaria que um de vocês fechasse as portas do Templo. Assim vocês não acenderiam mais fogo inutilmente no meu altar. Eu não estou satisfeito com vocês; não vou aceitar as suas ofertas. Malaquias 1. 10

Nos tempos do profeta que escreveu o último livro do V. T., o povo de Deus se tornou negligente e despreocupado com as coisas celestiais, mas Deus estava pronto a lhes perdoar, logo após um verdadeiro arrependimento.

Sabe o que acontecia na prática com a ‘igreja que Malaquias congregava’?

À medida que sua fé no Senhor diminuía tornaram se crentes hipócritas (fingidos); tinha uma adoração mecânica (do tipo do crente que hoje diz ‘Aleluia, Glória a Deus’ só com a boca e sem o coração); ofereciam sacrifícios defeituosos e com falhas (animais cegos, doentes); honravam a todo o homem, mas Deus disse-lhes ‘onde está a minha honra?’ 1.6; davam o resto e as sobras pra Deus e, pra piorar, não obedeciam aos mandamentos.

Jeová já estava cansado daquilo, creio que Ele tinha nojo. E ainda davam-se o direito de se perguntar: “Em que nós erramos? Em que pecamos contra ti?” e, por fim, disseram: “Não vale apena servir a Deus, não vale a pena obedecer a sua palavra” 3.16

Será que hoje temos agido como esta igreja de Malaquias? Como estamos cultuando? Será que temos oferecido o melhor de nós à Deus? O Senhor deseja converter nossos corações, e endireitar nossos caminhos.

aqueles que temeram ao SENHOR, o SENHOR atentou e ouviu; E na presença dele foram escritos num livro os nomes dos que respeitavam a Deus e o adoravam. E eles serão meus, diz o SENHOR dos Exércitos; naquele dia serão para mim jóias; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o obedece.” Ml 3.16 e 17

A paz do Senhor!

0 comentários:

Postar um comentário