23 de nov de 2013

On 20:16 by HERIVELTON MARCULINO   Sem comentários
25/11/13
Palavra que edifica
Imagine um rei cheio de riquezas, um governo próspero, respeitado por todos e muito elogiado. Este era o rei Nabucodonosor, nos dias de Daniel, líder do grande Império Babilônico que dominava as demais nações através da força (poder de guerra). Certamente alguém diria: "Este cara pode se amostar com o que tem..." ou até mesmo, eu ou você nos ensoberbeceríamos.
Certo dia, enquanto passeava pelo palácio real e admirava a glória de ser reino, o rei exclamou: "Não é esta a grande Babilônia que eu edifiquei para a casa real, com a força do meu poder, e para glória da minha magnificência?" (Dn 4.30) Por conta dessa palavra, uma voz do céu disse-lhe: "É isto que está decretado quanto a você, rei Nabucodonosor: Sua autoridade real lhe foi tirada. Você será expulso do meio dos homens, viverá com os animais selvagens e comerá capim como os bois. Passarão sete tempos até que admita que o Altíssimo domina sobre os reinos dos homens e os dá a quem quer" Dn 4.31,32.
O Rei dos reis precisava ensinar a Nabucodonosor quem realmente estava no comando. Na mesma hora a palavra cumpriu-se e o rei perdeu sua mentalidade normal, foi recoberto com pelos, penas e unhas de animais e comia com os bois.


Sei que nunca tiveste um reino, e quem disse que precisamos, não é? Por tão pouco nosso coração começa a se exaltar e parece que somos super-hiper-demais. Dizendo como o rei Nabucodonosor: "Eu", "meu", "minha". Cuidado! A glória só pertence a Ele (cf. Is 42.8). "Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes" (Tg 4.6).

Lembra de Saulo? Ia no cavalo, com cartas de autoridade, mas Jesus teve que dar uma lição (ver At 9). As vezes é dolorido, mas Deus precisa derrubar alguém do cavalo para mostrar quem está no controle da situação. 
Não pense ser o tal, por aqui que fez ou é. Saiba que tudo que temos foi Deus quem nos deu. Quando Nabucodonosor voltou a si, ele reconheceu quão grande era Deus, dizendo:
"louvei o Altíssimo; honrei e glorifiquei aquele que vive para sempre. O seu domínio é um domínio eterno; o seu reino dura de geração em geração"(Dn 4.34).
A paz do Senhor!

0 comentários:

Postar um comentário