8 de abr de 2013

On 11:36 by JovensADA   2 comments
#Palavra que Edifica
08.04.13

Glórias a Deus por mais uma segunda-feira que Ele nos têm proporcionado. Ainda regozijada pela Presença Gloriosa do Senhor Jesus, nos dias do 2° Encontro de Mulheres, gostaria de compartilhar com vocês e especialmente a todas nossas queridas JovensADA um lindo poema.





"EU SEREI PARA ISRAEL COMO ORVALHO,

ELE FLORESCERÁ COMO O LÍRIO...
E ESPALHARÁ SUAS RAÍZES COMO O CEDRO DO LÍBANO"
Deus se faz orvalho para que você floresça!!!
Toda mulher como o lírio floresce em fragilidade,
mas como o cedro se enraíza em fortaleza.
Somos assim cultivadas pelo Senhor.
Essa flor do lírio tão singela na beleza,
tem uma secreta força na profundeza.
A planta híbrida e profética
de Oséias 14.5 bem nos representa...
Toda mulher é um ser de extremos e paradoxos.
Somos de lírio e de cedro...de flor e raiz.
Tão comum à vista dos olhares banais,
lírios são apenas lírios,nos campos florindo aos milhares.
Mas o lírio que de Deus floresce
não é pelo aparente que se enaltece.
Insuspeitadamente o lírio perfuma, 
enquanto a força do cedro sob o solo cresce.
O melhor do jardim que Deus planta, está guardado sob a superfície.
Não há de ser reconhecido
por quem só acredita no que seus olhos veem.

Laudiceia Mendes


Nos dias de congresso, ouvimos falar muito em Débora, Juíza  mesmo em tempos de predominância  masculina em seu ofício, mulher guerreira e usada por Deus e também em Jael, mulher que no ápice de uma batalha, transformou a calma e a gentileza num momento de Glória para Israel. Mulheres que foram usadas tremendamente por Deus para sua nação.

 Relendo o trecho de Oseias 14.5, me veio a mente como se comporta o orvalho. Você já parou pra pensar? Em dias muito quentes e até secos, o orvalho da noite vem como um alívio, renovo pra as plantas castigadas pelo dia ensolarado. Seja o "orvalho" na vida de alguém. Seja o mensageiro do Senhor, trazendo o alívio para a alma cansada! Débora e Jael foram mulheres que trouxeram o alívio para Israel, mesmo diante das dificuldades de sua nação. O orvalho pode até não parecer muita coisa, como podemos ver  Jael, quem diria que ela seria "A" mulher da batalha? Diante de um dia causticante, é o orvalho que auxilia para o  amanhecer verde das folhas e da sensação boa de uma brisa fria em uma noite quente.   



Na Paz de Deus...
Midiam M. Silva
Abraços :)
Fonte: Poema extraído do Blog da Laudiceia Mendes


2 comentários:

  1. Essas mulheres realmente são bençãos do Senhor !! Glórias a Deus !

    ResponderExcluir
  2. Tratando de orvalho, lembro-me desse versículo:
    "SAÍ, COM ÁGUA, AO ENCONTRO DOS SEDENTOS” (Is 21.14a)

    ResponderExcluir