1 de out de 2010

On 19:40 by HERIVELTON MARCULINO   Sem comentários

A paz do Senhor! E-mail recebido da Jovem ADA Midiam:

Querem instaurar a lei que torna nosso país legalmente conivente a iniqüidade institucionalizada, eu não sou palhaça e o que direciona a minha vida é a Palavra de Deus, querem legalizar o que na Bíblia é abominável. Sabemos muito bem historicamente o destino de reinos, nações que eram coniventes com a sodomia (Homosexualismo é o ápice da sodomia) tanto é que o primeiro caso de destruíção que temos conhecimento é de Sodoma e Gomorra onde eram um absurdo o nível de degradação humana, sendo que ambas as cidades foram destruídas. Outros impérios onde seus líderes eram praticantes da iniquidade, estes reinos e impérios caíram e foram destruídos. Sabemos muito bem a conseqüência das nações coniventes a esta realidade, o destino é a destruição.

PENSEM NISSO! Estudem, avaliem os projetos de cada candidato... A nossa arma, é no domingo turma...

Época de eleições. Tempo de direcionar os novos rumos da liderança no nosso país. Chega o momento de escolher os representantes do povo.

Como Igreja, temos também o dever de usar bem nosso voto. Há leis que tramitam que, sendo aprovadas, limitarão, e muito, o nosso cotidiano. A Reforma Constitucional que está sendo proposta no Congresso são mudanças no texto da Constituição que garantem a liberdade de culto.

Se aprovadas, fica proibido, por exemplo, culto fora das igrejas (seria o fim das campanhas evangelizadoras e cruzadas), e os cultos só seriam realizados com portas fechadas.

Veja alguns projetos e leis que podem mudar a forma de se evangelizar no Brasil:

Projeto nº 299/99 – Altera o código brasileiro de telecomunicações (Lei 4.117/62).

* Se aprovado, reduziria programas evangélicos no rádio e televisão a apenas 1 hora.

Projeto nº 1.154/03 – Proíbe veiculação de programas em que o teor seja considerado preconceito religioso.

* Se aprovado, será considerado crime pregar sobre idolatria, feitiçaria e rituais satânicos. Será proibido que essas mensagens sejam veiculadas no rádio, televisão, jornais e Internet. A verdade sobre esses atos contrários a Palavra de Deus não poderá mais ser mostrada. Enquanto o Projeto nº 4.270/04 impede a defesa por meio de ação judicial.

Existem outros projetos em andamento que ferem princípios bíblicos, entre eles o casamento de homens com homens e mulheres com mulheres (a famosa PL 122/06), o estabelecimento de um dia oficial do 'Orgulho Gay' em todas as cidades brasileiras, a determinação de cultos de portas fechadas, entre outros.

Portanto, oremos e saibamos em quem votar. Escolhamos homens que (junto aos outros que serão eleitos e defenderão a família e, principalmente, o Evangelho) saibam nos representar, reprovando essas reformas.

Fonte: Assem-beréia de Deus & Hotmail

0 comentários:

Postar um comentário